Publicidade

Trabalho temporário: uma porta para o mercado

De Redação InfoJobs

Neste final de ano serão geradas 155 mil vagas de empregos temporários em todo o Brasil segundo levantamento realizado pela Associação Brasileira das Empresas de Serviços Terceirizáveis e de Trabalho Temporário (Assertem). A estimativa é 5,5% maior do que foi contabilizado em 2011 no mesmo período quando foram registradas 147 mil contratações temporárias.

Trabalho temporário: uma porta para o mercado

Oportunidade e Efetivação

Estes números representam uma grande oportunidade para jovens que estão em busca do primeiro emprego e também para quem procura a reinserção no mercado de trabalho. Em entrevista concedida à Agência Brasil (agenciabrasil.ebc.com.br), a presidenta da Assertem, Jismália de Oliveira Alves afirmou que cerca de 20% destas vagas serão destinadas aos jovens e destacou a importância do comprometimento e dedicação dos trabalhadores que procuram uma vaga efetiva. “Sempre sugiro que as pessoas encarem a oportunidade não apenas como um trabalho temporário, mas como uma oportunidade de efetivação. A pesquisa indica que 23 mil trabalhadores, das 155 mil vagas, terão a oportunidade de ser efetivados”, declara.

Distribuição das Vagas


São Paulo detém o maior número de oportunidades temporárias com 29,87% do total das vagas disponíveis, o que equivale a 46,299 novos empregos neste fim de ano. Os Estados de Minas Gerais e Rio de Janeiro ficam em segundo e terceiro lugar com 10,94% e 9,18% respectivamente. Destas vagas, 75% são destinadas ao Comércio com uma média de remuneração que pode variar entre R$690,00 a R$1.055,00. O restante das oportunidades é de responsabilidade do setor industrial que será responsável por 25% das vagas geradas com uma média salarial entre R$920,00 a R$1.390,00.

Leis de Contratação


A presidenta da Assertem alerta os candidatos a vagas temporárias a terem cuidado ao verificarem o contrato de trabalho para que não sejam lesados no futuro. “O trabalhador temporário tem todos os direitos do efetivo, exceto a monta do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e também o aviso prévio. Portanto, ele deve ficar atento a essa relação formal. A pessoa precisa exigir o registro em carteira e um contrato de trabalho que vai estabelecer as regras da contratação”. Jismália de Oliveira Alves destaca que mesmo que um profissional não seja efetivado, obter uma experiência de emprego temporária pode abrir portas para outras oportunidades efetivas em um futuro de sua profissão.

Empregos temporários no InfoJobs

Se você está em busca de uma oportunidade temporária neste final de ano, confira as vagas disponíveis no InfoJobs.com.br.

Vendedora Temporária

Vigilante

Auxiliar Administrativo - Departamento Pessoal

Publicidade
Publicidade