Como gerenciar a sua marca empregadora em meio à crise

Saiba impulsionar o seu negócio e cuidar da sua marca empregadora neste momento de crise do coronavírus

01 de Abril de 2020

Em diversos momentos o mercado mundial passou por crises que influenciaram as relações econômicas, mas ao superar esses períodos de queda, recessões e desemprego, o capitalismo se reinventa. Porém, somente empresas estruturadas, com estratégias e ações bem definidas conseguem passar por essas crises com a reputação da sua marca empregadora ilesa.

LGPD: Conheça a Lei Geral de Proteção de Dados e o que irá impactar no RH

O cenário de cortes pode também ser levado ao aspecto particular de cada empresa, quando uma corporação passa por uma crise, ou quando um setor é atingido de forma abrangente. E muitas questões podem levar a essa situação, variando de má gestão a calamidades públicas.

É um caso desse que enfrentamos neste primeiro semestre de 2020, com a crise pandêmica do coronavírus (COVID-19) que atinge todos os setores, em escala global. Isso faz com que muitas empresas adotem novas medidas que impactam na cultura corporativa, como o home office, por exemplo, a fim de continuar produzindo e minimizar os impactos da crise.

São nesses momentos que a gestão da marca empregadora e o posicionamento das empresas são questionados e evidenciados, tendo consequências diretas em nos resultados futuros e na forma que os stakeholders irão ou não se identificar com a sua marca, seja institucional ou comercial.

Nesse artigo vamos dar dicas de como trabalhar a sua marca empregadora nesses momentos de crise, quais são os possíveis impactos para a sua empresa e quais ferramentas otimizam esse processo.

Entenda como cenário atual afeta sua marca empregadora

A chegada do coronavírus ao Brasil trouxe um novo desafio aos líderes, CEOs, diretores e empresários. Atualmente todos estão sendo afetados, das multinacionais até as micro e pequenas empresas, buscando formas de se reinventarem em um cenário de recessão.

Avaliar os processos do seu negócio e como os mesmos foram atingidos pela crise é a principal maneira de entender como essa situação afeta sua marca. Atualmente, poucas empresas são 100% independentes nos seus processos, a cadeia linear de vendas e a produção são realidades das corporações, basta consultar o fluxo da sua prestação de serviços.

Fornecedores podem parar de produzir matéria prima, clientes podem optar por não comprar neste momento, empresas terceirizadas e outros profissionais que dependem também do seu negócio podem não suportar a crise e quebrar. Por isso, é preciso entender quem está sendo afetado para propor soluções.

Prever crises e definir um posicionamento para sua marca facilitam a estruturação de ações e, principalmente, a compreensão dos colaboradores para superar momentos de dificuldade. É nesse ponto que a gestão da marca empregadora é grande aliada da sua empresa. Por isso, entender as ameaças ao seu negócio, questões de política econômica interna e externa, e as causas e consequências de crises que permeiam seu segmento é fundamental para minimizar os impactos.

O que é gestão da marca empregadora?

Gestão da marca empregadora, também chamada de Employer Branding, é a expressão dada a um conjunto de ações, estratégias, análises e ferramentas que buscam promover a marca institucional da sua empresa, a fim de despertar a vontade das pessoas em trabalhar na companhia, atender as expectativas dos já colaboradores e cuidar da reputação da marca.

Esse tem sido um assunto amplamente abordado pelos profissionais de recursos humanos, afinal essas ações afetam diretamente os colaboradores e influenciam na atração de talentos.   Por isso, não somente o RH, mas todos os líderes envolvidos com a gestão de pessoas são responsáveis pela gestão da marca empregadora também.

O primeiro passo é entender que essas ações devem partir de dentro para fora das organizações, buscando melhorar a satisfação interna. Ou seja, é necessário entender a reputação atual da sua marca empregadora na visão dos colaboradores, para depois traçar um plano de estratégias.

A visão dos seus funcionários reflete nas relações com os candidatos, fornecedores e clientes, e com isso, afeta a visibilidade externa e reputação da marca no mercado.

Ao estruturar suas estratégias de Employer Branding é necessário ter claro que os seus colaboradores são o principal ativo da sua empresa, e a ferramenta mais importante para impulsionar o sucesso do seu negócio e promover a sua marca empregadora.

50% DOS CANDIDATOS Não querem trabalhar para uma empresa com baixa reputação, nem mesmo oferecendo um salário mais elevado

O cuidado que você tem para atrair um cliente e promover a melhor experiência com a sua marca, deve ser o mesmo, ou até maior, ao oferecer uma experiência com sua marca empregadora aos colaboradores e candidatos.

As propostas de valor (EVP) demonstram o que a organização pode oferecer ao colaborador, com o objetivo de criar identificação do mesmo com a marca e motivá-lo em diferentes âmbitos e, dessa forma, garantir seu comprometimento e aumento da produtividade.

Divulgação da sua marca empregadora no mercado

A partir do resultado de uma pesquisa de clima, a equipe de gestão de pessoas pode elaborar um plano de engajamento de colaboradores e candidatos. Hoje, as redes sociais, página Trabalhe Conosco e plataformas de opinião, como a página pública do InfoJobs, são importantes aliados e funcionam como um termômetro para avaliar a reputação da sua marca empregadora.

Nesses canais, é possível manter as informações atualizadas, interagir com comentários, dar feedbacks, além de monitorar as ações dos concorrentes.

Informações importantes que sua empresa deve divulgar:

  • Qual a história da sua empresa?

  • Quem são os líderes?

  • Qual é a missão e os valores?

  • O que vocês buscam oferecer para o mercado?

  • Qual a cultura?

  • Qual é o propósito?

  • Como as equipes são estruturadas?

  • Como é o clima organizacional?

  • Qual o diferencial da sua marca?

  • O que você oferece para os colaboradores?

  • Por que sua empresa é um bom lugar para trabalhar?

Valorizar a opinião dos seus colaboradores e incentivá-los a interagir nessas páginas é importante para dar credibilidade às informações, que devem, acima de tudo, ser verdadeiras.

Essa interação mostrará o seu compromisso em promover a melhor relação entre empregador e empregado, e assim permanecer valorizando o seu time de talentos. Por isso, tenha um canal de comunicação aberto para reclamações e elogios que vão nortear o plano de ações para reter os funcionários e reconhecer pontos fracos.

O que fazer para gerenciar a marca empregadora durante a crise?

Nos momentos de crise, gerenciar a sua marca empregadora é fundamental para não impactar de forma negativa a imagem da sua empresa. São nesses períodos que os profissionais do mercado e os colaboradores analisam se as ações realizadas condizem com as informações divulgadas.

Além de definir os valores da empresa, é importante manter um posicionamento diante dos acontecimentos externos, como: fatos importantes veiculados na mídia, ações de outras empresas que impactam no mercado e situações políticas em geral. Tudo que a sua marca fizer em um momento de crise, como a pandemia do COVID-19, será lembrado pelos profissionais do mercado e avaliado pelos colaboradores.

Além disso, se as suas atitudes não forem condizentes ao histórico e propósito da empresa, sua marca pode ser muito mal vista. Atualmente muitas empresas usam de uma causa para se promover, mas as suas ações, condutas e os apoios não são fiéis.

Um exemplo disso são as empresas acusadas de greenwashing, ou seja, marcas que se apropriam de virtudes ambientalistas, por meio do marketing, de forma indevida, atraindo visões negativas a marca empregadora. Atualmente, já começou a se falar de coronawashing, com o mesmo princípio, usar da grave pandemia para se promover.

Separamos algumas instruções para você não cair nesse erro, e visar apenas ações coerentes para estruturar um plano de ação que possa promover sua empresa e impulsionar bons resultados.

  • Analise a sua marca – Antes de montar um plano de ação é importante rever o seu planejamento, entender a reputação atual e definir o seu propósito enquanto empresa, e o que a sua marca oferece para o mercado.
    Empresas com propósitos claros, e cientes dos seus valores e benefícios lidam melhor com as crises.

  • Seja coerente com os seus valores – É importante pensar quais causas sua empresa apoia, e se as suas atitudes diante das crises são coerentes com os princípios. Colaboradores e não colaboradores irão analisar o seu posicionamento nesse momento. 

  • Seja transparente – Se posicionar diante de algo implica em comunicar com clareza interna e externamente, para que as informações não sejam divergentes. Além disso, a transparência com a sua equipe irá gerar o sentimento de pertencimento e, com isso, todos terão os mesmos objetivos.

  • Motive os funcionários – Em tempos difíceis algumas pessoas perdem o foco e acabam ficando sem perspectiva, é importante motivar os colaboradores e incentivá-los para que não desistam. Ações de integração, mensagens, feedbacksde incentivo, fazem a diferença nesse momento.

  • Tenha uma comunicação clara – Na era das redes sociais, não é somente os colaboradores que precisam entender o seu posicionamento, todos aqueles que acompanham e admiram a sua marca também esperam as suas declarações e atitudes. Nos momentos de crise, divulgar as medidas tomadas pela empresa é essencial para fortalecer a sua marca empregadora.

  • Seja ativo – Não deixe sua marca cair no esquecimento. Elabore ações que você possa promover mesmo à distância ou com uma verba reduzida, seja ativo nas plataformas online. Mostre o que a sua marca tem de inovador e como ela pode ajudar as pessoas.

  • Apoie sua rede – Já falamos dos modelos de produção de forma linear, em momentos de crise as pessoas que dependem de você também se sentem ameaçadas. É importante manter o contato com fornecedores, clientes e terceirizados, apoiando-os da melhor forma possível. Não se esqueça que essas relações serão importantes para a retomada econômica. 

  • Pense no futuro - Qual imagem você quer que fique depois da crise? Lembre-se que as suas atitudes serão lembradas, então estruture ações a longo prazo, para que você possa ter um desenvolvimento constante. 

  • Reconheça os erros – Analisar as falhas no processo irá te ajudar a pensar em reestruturações que promovam um serviço mais qualificado, de acordo com as novas expectativas.

O impacto nas marcas nesse momento de crise pandêmica tem lançado um desafio extra para o mercado.

Muitas vezes é necessário prestar um serviço útil para o momento, que não vise somente o lucro. Empresas que apoiam causas sociais, que pensam no meio-ambiente e geram renda para pessoas menos assistidas, conseguem destaque no momento de calamidade global que enfrentamos.

É importante que essas ações já estejam no escopo e valores da empresa, mas caso ainda não estejam, nunca é tarde para adotar novos propósitos e pensar no bem da comunidade ao seu redor. Entretanto, é necessário ter em mente que o seu comprometimento com essas causas não pode acabar junto com a crise.

São em momentos como esse, que os profissionais no mercado conseguem reconhecer quais empresas se preocupam com os colaboradores. E cada vez mais, empresas com valores humanos, que promovem o bem-estar dos funcionários, são valorizadas.

Com a pandemia do coronavírus a principal demanda exigida das empresas foi o serviço em home office, visto que a melhor forma de prevenção do contágio é o isolamento social. Essa é uma realidade que não fazia parte da cultura de muitas empresas, por isso a adequação foi um processo rápido e importante.

Essa é uma forma de se posicionar, mudar hábitos dos funcionários e buscar ferramentas para realizar o trabalho remoto, demonstra a preocupação com a saúde da equipe, o que é visto como positivo e humano.

Vale lembrar que para adotar o home office é preciso oferecer os recursos adequados aos funcionários e manter os processos de acordo com a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD): disponibilizar equipamentos, manter a comunicação alinhada, continuar com as atividades dos departamentos, fazer reuniões periódicas e enviar comunicados internos.

Para o time de Recrutamento e Seleção, o PandaPé é a principal ferramenta para manter sua performance ao realizar o trabalho de forma remota. São diversas funcionalidades que facilitam a rotina dos recrutadores, permite contratações mais assertivas e o gerenciamento de produtividade da equipe a distância.

Como criar um banco de currículos qualificado

Como avaliar os resultados da gestão da sua marca empregadora?
Agora que você já entendeu como promover a sua marca empregadora e a importância das ações diante dos funcionários e candidatos, vamos apresentar alguns indicadores para mensurar o sucesso dessas ações.

Na sua empresa:

  • Retenção de talentos

  • Comprometimento com a empresa

  • Queda do turnover

  • Satisfação dos colaboradores

  • Engajamento nos objetivos

  • Bom relacionamento com fornecedores e clientes

Durante as contratações:

  • Maior número de candidaturas

  • Profissionais qualificados

  • Diminuição do tempo de contratação

  • Onboarding efetivo

No mercado:

  • Aumento de seguidores

  • Interação nas redes sociais

  • Pessoas falando bem da sua marca

Advisor:

O InfoJobs Advisor, solução de Employer Branding do InfoJobs, é uma ferramenta que cria uma página pública da sua empresa de acordo com avaliações e comentários de colaboradores e ex-colaboradores sobre a sua marca empregadora. Nesse canal, é possível alimentar com informações, ações e fotos sobre a empresa. Como já falamos, esse é um ótimo termômetro para avaliar a reputação da marca empregadora.

As avaliações no InfoJobs Advisor contemplam os seguintes requisitos:

  • Avaliação geral

  • Ambiente de trabalho

  • Salários e benefícios

  • Diretoria

  • Oportunidades de carreira

  • Empresa recomendável

Entender a percepção que os profissionais possuem da sua marca é fundamental para trabalhar a gestão da marca empregadora. Conte com o InfoJobs para te apoiar para promover sua empresa!

Como criar um banco de currículos qualificado

Encontre os melhores profissionais

Anunciar Vaga